José Guilherme Aguiar pode ser acusado de homicídio pelo atropelamento do pequeno Gabriel

Vereador da Câmara de Gaia pode ser acusado de homicídio pelo atropelamento de Gabriel

José Guilherme Aguiar, vereador do Desporto da Câmara de Gaia, poderá ser acusado do crime de homicídio por negligência, na forma grosseira, pelo atropelamento mortal de um menino de cinco anos.

O acidente ocorreu no passado dia 28 de outubro, junto a uma mercearia na Travessa José Mariani, em Vila Nova de Gaia. Gabriel, de 5 anos, ajudava a avó e o dono da mercearia a descarregar produtos de uma carrinha, quando foi colhido pelo carro do vereador.

José Guilherme Aguiar terá pensado que tinha passado por cima de um paralelo fora do sítio e continuou a marcha, mas o menino terá ficado encaixado entre o pneu e o guarda-lamas, tendo sido arrastado pelo chão durante cerca de 300 metros.

O autarca só parou o carro após uma condutora que seguia atrás de si e presenciou o acidente atravessar o carro à frente do carro do autarca.

Leia Também: Testa descontrolado mata duas pessoas e deixa outras três feridas

O caso continua a ser investigado e José Guilherme Aguiar poderá ser acusado do crime de homicídio por negligência na forma grosseira. O depoimento da condutora que assistiu ao atropelamento poderá ser essencial para esclarecer o que aconteceu.

You may also like...