Casal de Espinho detido por escravizar jovem moçambicana de 29 anos

Casal detido pela PJ por escravizar jovem moçambicana em Espinho

Um casal, de 40 e 42 anos, foi detido pela Polícia Judiciária por escravizar uma jovem emigrante moçambicana, de 29 anos, em Espinho.

Segundo o comunicado da Polícia Judiciária, a vítima era obrigada a trabalhar 16 horas por dia e recebia apenas 50 euros por mês. O casal privou ainda a vítima “dos seus documentos” e não lhe dava “folgas ou horário de descanso”.

A moçambicana foi aliciada pelo casal a vir estudar e trabalhar para Portugal, tendo depois sido submetida a “servidão laboral/doméstica” quando esta chegou ao território português.

A vítima recebia apenas uma refeição por dia e era privada de cuidados de higiene. “Foi-lhe diagnosticada uma anemia grave provocada por ausência de alimentação, sendo notória a sua debilidade geral e falência física”, pode ler-se no mesmo documento.

Leia Também: Mulher morre após conduzir em contramão na A1. Duas pessoas ficaram feridas

O casal, de nacionalidade estrangeira, foi detido e serão agora presentes a tribunal, para que lhes sejam aplicadas as medidas de coação tidas por adequadas.

You may also like...