Morreu Carla, a mulher de 45 anos que levou tiro do marido em Cantanhede

Morreu a mulher de 45 anos que levou tiro do marido em Cantanhede

Homem terminou com a própria vida depois de ter baleado a ex-mulher.

Carla Oliveira, a mulher de 45 anos que foi atingida a tiro pelo marido esta quarta-feira, dia 30 de novembro, na Praia da Tocha, em Cantanhede, no distrito de Coimbra, morreu no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, unidade onde se encontrava internada a lutar pela vida.

A mulher de 45 anos já se encontrava em estado de coma quando deu entrada na referida unidade hospitalar. Carla ficou internada em estado crítico, nos cuidados intensivos.

Sabe-se que Carla e o ex-companheiro estavam separados há cerca de um mês e que o homem a perseguia. O ex-marido não terá aceite o divórcio e, no dia em que assinou os papéis da separação, esperou Carla na casa dela, tendo-se iniciado uma acesa discussão nesse momento.

Leia Também: Menino de 11 anos cai da varanda de casa e morre, em Braga

O casal deixou dois filhos, que estavam aos cuidados do pai, mas que após a tragédia foram entregues a familiares.

You may also like...