Encontrada a jovem militar desaparecida no mar na Póvoa de Varzim

Encontrada a jovem militar desaparecida no mar na Póvoa de Varzim

Jovem militar estava desaparecida desde a madrugada desta sexta-feira, após um grupo de 8 militares ter sido arrastado pelo mar, na praia da Lagoa, durante uma festa de final de formação no Exército.

O grupo de jovens militares, na casa dos 20 anos, encontrava-se num bar junto à praia da Lagoa, na Póvoa de Varzim, para celebrar o fim do curso de condutores, que concluíram esta quinta-feira, na Escola de Serviços do Exército Português.

Por volta das 4h30, o grupo de 8 militares, constituído por 4 rapazes e 4 raparigas, abandonou o bar e continuou a festa no areal, junto ao mar.

Duas raparigas quiseram entrar no mar, mas acabaram por ser arrastadas pelas ondas, o que levou aos restantes elementos do grupo a entrar no mar, para tentar socorrer as colegas.

Leia Também: Morreu João Pereira, célebre bombeiro de São Pedro do Sul: “Um anjo no céu pelos seus camaradas”

Sete dos jovens foram resgatados, mas a militar Ani Muscuta Fonseca Dabo, natural da Amadora,  continua desaparecida. A Polícia Marítima, a Autoridade Marítima Nacional e as Forças Armadas Portuguesas levam agora a cabo uma operação de busca pela jovem militar.

Os colegas da jovem desaparecida foram resgatados e transportados para uma unidade hospitalar, onde foram assistidos. Apresentavam sintomas de hipotermia, pré afogamento e dores musculares. Todos os jovens fizeram análises ao sangue e não foram encontrados níveis de álcool significativos.

O corpo da jovem militar, Ani Muscuta Fonseca Dabo, foi encontrado durante a tarde desta sexta-feira, já sem vida.

You may also like...