‘Bloom’: A nova droga que está a destruir a vida de centenas de jovens na Madeira

Centenas de jovens estão a destruir a sua vida devido a uma nova droga sintética, chamada “Bloom”, que está a enlouquecer as ruas da Madeira.

Esta droga sintética surge como uma alternativa mais barata a outras drogas pesadas mais caras. É vendida como fertilizante, encontra-se em qualquer esquina e é tão barata que qualquer bolso a pode comprar. Com apenas cinco euros, o consumidor pode ter alucinações durante várias horas.

“Quer a cocaína, quer a heroína, quer o haxixe, qualquer tipo de droga torna-se mais cara para comprar numa ilha. E aparece uma solução mais barata, em que os efeitos são iguais ou mais fortes, neste caso são bem piores, e tornou-se rapidamente a rainha da noite”, explicou um jovem ao Correio da Manhã.

No Funchal, facilmente se encontram dezenas de consumidores. Vários jovens passam dias a viver na rua, a viver surtos psicóticos.

Leia Também: Mendigo de 30 anos estrangulado até à morte após agredir funcionária de café e dois clientes

Sílvia Ferreira, da Associação CASA, uma instituição de apoio aos sem-abrigo, acredita que existam já várias mortes associadas a esta droga, que foram catalogadas como suicídios. “Ninguém sabe em que estado estavam. Podiam, por exemplo, achar que estavam a voar e naturalmente morreram”, explica.

Muitos dos sem-abrigo ajudados por esta associação são consumidores de “Bloom”. “Não há ainda tratamento para esta droga. Tornam-se violentos, estão em surto demasiadas vezes e muitos nem nos reconhecem. É muito difícil”, lamenta.

You may also like...