João Semedo morre aos 50 anos

João Semedo, fundador da Academia do Johnson, morre aos 50 anos

João Semedo Tavares, fundador da Academia do Johnson e mentor de jovens de bairros carenciados na Grande Lisboa, morreu esta quarta-feira, aos 50 anos, vítima de doença prolongada.

João Semedo dedicou a sua vida a apoiar as crianças e jovens de bairros desfavorecidos, através de atividades desportivas e sociais, tendo ficado conhecido por utilizar a sua passagem pela prisão como exemplo e transmitir a sua lição de vida aos jovens.

Foi o fundador da Academia do Johnson, um projeto que tem como objetivo apoiar centenas de crianças e jovens da Amadora, através da educação e do desporto.

A Academia do Johnson quer “melhorar a vida dos jovens e dar-lhes as ferramentas de que precisam para se tornarem adultos felizes e com sucesso”, pode ler-se no website.

Leia Também: Ruy de Carvalho sofre com internamento do filho no Hospital de Santa Maria

João levou o seu lema “Somos Aquilo que Fazemos!” até onde conseguiu e empenhou-se em fazer a diferença na vida de milhares de jovens, tendo sido distinguido com uma menção honrosa do Prémio Manuel António da Mota.

Esta quarta-feira, por volta das 6h00, faleceu rodeado dos seus ente-queridos, em sua casa.

You may also like...