Idoso com cancro terminal aguarda 7 horas deitado à chuva por ambulância

Enquanto esperava que chegasse uma ambulância, um idoso foi “forçado” a deitar-se à chuva. Keith Royles de 85 anos partiu a anca a cortar a relva da sua habitação em Bodelwyddan, no nordeste do País de Gales.

Apesar de viver perto do hospital, o idoso esperou… 7 horas! Uma das filhas disse ao jornal Mirror “Ligámos para o hospital e pedimos uma ambulância, mas foi-nos dito que havia uma espera de quatro a sete horas. Ligámos várias vezes e a minha irmã até acenou para os técnicos de uma das ambulâncias, mas eles disseram que não podiam ajudar”.

O homem de 85 anos também sofria de um cancro terminal e a família não aceitou que o levassem para uma unidade hospitalar a 48km de casa.

You may also like...