Grávida e bebé de seis meses morrem no Hospital das Caldas da Rainha

Grávida de seis meses e bebé morrem no Hospital das Caldas da Rainha

Equipa médica que se encontrava na unidade hospitalar não conseguiu salvar a mulher e o bebé.

Uma mulher grávida de seis meses morreu no Hospital das Caldas da Rainha. A grávida, de 35 anos de idade, foi encaminhada para o hospital pelos Bombeiros de Torres Vedras e acompanhada pela equipa médica da VMER das Caldas da Rainha, esta quarta-feira.

Deu entrada na ala de urgências, tendo o seu óbito sido declarado à chegada. Não foi possível salvar a criança.

A grávida, moradora na localidade de Outeiro da Cabeça, em Torres Vedras, ligou para o 112 a queixar-se de dores agudas nas costas. À chegada dos Bombeiros a casa, os operacionais mediram-lhe a tensão e o batimento cardíaco, tendo sido registada tensão arterial muito baixa.

Leia Também: “Isto mata-me por dentro”: Mulher obrigada a atravessar loja de conveniência para entrar em casa

Os Bombeiros pediram transporte de urgência para o Hospital das Caldas da Rainha, mas entretanto a grávida entrou em paragem cardiorrespiratória no local. Para tentar reverter a situação, ainda em casa da grávida, os operacionais aplicaram um desfibrilhador automático externo e chamaram uma VMER.

A grávida foi então transportada para a unidade hospitalar das Caldas da Rainha e a equipa médica declarou o seu óbito.

Em declarações, o Centro Hospitalar do Oeste “lamenta profundamente esta morte e endereça condolências a todos os familiares”. O Centro Hospitalar explica que “foi uma ocorrência externa ao Hospital de Caldas da Rainha, onde a utente deu entrada já em manobras de suporte avançado de vida”.

You may also like...