Homem condenado a pagar 500 euros a juiz por lhe ‘roubar’ galinha

Homem condenado a pagar 500 euros a juiz por lhe roubar galinha para comer

José Luís Cardoso, um homem acusado de furtar uma galinha a um juiz, acordou em pagar uma indemnização de 500 euros ao lesado pelo furto.

O caso ocorreu no dia 11 de abril de 2020, quando José seguia de carro e viu uma galinha na via pública. Convencido de que era um dos seus animais, pegou na galinha e levou-a para o galinheiro da sogra, em Farminhão, nos arredores de Viseu.

O juiz apercebeu-se do crime e confrontou o “ladrão”. “Dê-me a galinha que me roubou”, disse na altura. O homem tentou explicar a situação, mas o dono do animal não quis ouvir e José ficou frustrado. “Vá para o cara***, vá-se fo***”, disse.

O juiz levou o caso para tribunal e o julgamento decorreu esta terça-feira no Tribunal de Viseu. “Quero pedir desculpa, mas não sou nenhum ladrão. Na altura quis justificar-me e não me deixou, se o tivesse feito, isto não tinha chegado até aqui”, explicou José Luís Cardoso.

Leia Também: Manchester United remove fotografia de Cristiano Ronaldo do estádio de Old Trafford

Após as declarações do homem, o juiz Victor Rendeiro desistiu da queixa-crime e ambos chegaram ao acordo de José pagar uma indemnização de 500 euros, um valor bem abaixo dos dois mil euros que o lesado exigia por danos morais.

You may also like...