Federação nega “ameaça” de Cristiano Ronaldo

Quando Cristiano Ronaldo soube que iria ficar no banco frente à Suíça, este, segundo rumores, terá ameaçado abandonar a concentração portuguesa no Qatar 2022. Agora a Federação Portuguesa de Futebol, veio desmentir tal situação, pedindo respeito!

Cristiano Ronaldo não ameaçou abandonar concentração portuguesa no Qatar

Organismo que rege o futebol português, veio a público desmentir que CR7 tenha ameaçado abandonar a equipa no Qatar, depois de ter ficado de fora do onze inicial frente à Suíça. O organismo garante que o capitão, nunca proferiu tais palavras, perante um suposto desentendimento com Fernando Santos.

LEIA MAIS: Judite Sousa arrasa Selecionador Nacional

O comunicado da FPF, na íntegra:

Uma notícia divulgada esta quarta-feira dá conta que Cristiano Ronaldo ameaçou deixar a Seleção durante uma conversa com Fernando Santos, selecionador nacional.

A FPF esclarece que em momento algum o capitão da Seleção Nacional, Cristiano Ronaldo, ameaçou deixar a equipa nacional durante o estágio no Catar.

Cristiano Ronaldo constrói a cada dia um historial ímpar ao serviço da equipa nacional e do País que tem de ser respeitado e que atesta o inquestionável grau de compromisso com a Seleção.

Aliás, o grau de entrega do jogador mais vezes internacional por Portugal ficou novamente demonstrado – se necessário fosse – na vitória frente à Suíça, nos oitavos de final do Mundial 2022.

A Seleção Nacional – jogadores, treinadores e estrutura FPF – encontra-se, como desde o primeiro dia, totalmente empenhada e entusiasmada na construção daquela que o País deseja que seja a melhor participação de sempre de Portugal num Campeonato do Mundo.

You may also like...