Célebre empresário encontrado morto nas casas de banho do hospital de Faro após horas de espera

Célebre empresário encontrado morto nas casas de banho do hospital de Faro

Amigos e familiares revoltados com a demora no atendimento no Hospital de Faro.

O empresário Vítor Rosa, de 63 anos de idade, foi encontrado sem vida nas casas de banho da Urgência do Hospital de Faro. Foi levado para o hospital depois de desmaiar três vezes em casa e acabou por morrer sem ninguém daquela unidade se aperceber.

Família e amigos do empresário da cidade de Faro estão revoltados com a falta de tratamento que Vítor teve.

“Deu entrada antes das 14h00, seguiu para triagem, ficou com pulseira amarela à espera de análises. As análises só começaram a ser feitas pelas 18h00… É uma pessoa que estava num estado muito débil e foi encostada a um corredor do hospital sem assistência”, conta Carina Rosa, filha de Vítor.

Durante esse tempo, a filha não teve autorização para estar perto do pai, mas algumas horas depois, ela e a mãe quebraram as regras e entraram nos corredores da Urgência. Acabaram por se ausentar durante 40 minutos e, quando voltaram, por volta das 22h00, o Vítor não estava na maca.

Leia Também: Armando Manuel, o pescador da Póvoa de Varzim que caiu ao mar e não voltou a ser visto

“A minha mãe entrou em pânico e começou a gritar pelo meu pai para ver se ele a ouvia. Depois alguém foi à casa de banho e encontrou-o inanimado. Tentaram reanimá-lo, mas foi tarde demais. Dissemos à equipa que ele não tinha lentes de contacto, não conseguia ver e não podia ser deixado sozinho”, conta ainda a filha, revelando que o hospital disse que ele terá morrido de uma arritmia maligna.

You may also like...