Cristiano Ronaldo quebra o silêncio: “O United traiu-me e não tenho respeito pelo Ten Hag”

Cristiano Ronaldo quebra o silêncio: "O United traiu-me e não respeito Ten Hag"

Cristiano Ronaldo revela que se está a sentir forçado a abandonar o Manchester United.

O jornal inglês The Sun lança esta segunda-feira uma explosiva entrevista de Cristiano Ronaldo em que o português arrasa o Manchester United, mas também o treinador dos red devils Erin ten Hag.

Na conversa dirigida pelo jornalista Piers Morgan, e que será publicada na íntegra na edição de segunda-feira do jornal The Sun, o internacional luso diz sentir-se traído e obrigado a abandonar o clube de Old Trafford.

“Estão a tentar mandar-me embora. Não só o treinador, mas também dois ou três diretores.. Honestamente não sei se estão a ver-se livres de mim, mas sinto-me traído. Não me querem aqui desde o ano passado”, pode ler-se na entrevista de Cristiano Ronaldo, que apontou o dedo ao treinador Ten Hag.

Leia Também: Bruxo de Fafe assaltado. Roubaram-lhe o volante do BMW e partiram o carro todo

“Eu não tenho respeito por ele porque ele não me respeitou. Se não tem respeito por mim, eu nunca terei respeito por ele. Se não tiveres respeito por mim, eu nunca terei respeito por ti”, acrescenta o camisola 7 dos red devils, acusando o treinador neerlandês de não terá mostrado sensibilidade para com ele após a morte de uma das filhas do jogador durante o parto.

“Foi o período mais difícil da minha carreira, tanto pessoal como profissionalmente. Fizeram de mim a ovelha negra”, atirou ainda Ronaldo.

You may also like...