É oficial: FIFA confirma que não foi Ronaldo que marcou o golo

É oficial: FIFA confirma autoria de Bruno Fernandes no golo frente ao Uruguai

A FIFA confirmou esta terça-feira a atribuição do primeiro golo de Portugal frente ao Uruguai a Bruno Fernandes, colocando um fim à polémica.

As bolas utilizadas no Mundial contêm uma tecnologia de sensores que permitiu à FIFA concluir que Cristiano Ronaldo não tocou com a cabeça na bola no lance do primeiro golo de Portugal, ficando assim confirmada a autoria do golo de Bruno Fernandes.

“No jogo entre Portugal e Uruguai, recorrendo à tecnologia Connected Ball Technology instalada na bola oficial de jogo da Adidas, a Al Rihla, comprovámos que não houve contacto na bola de Cristiano Ronaldo para o golo inaugural do jogo”, pode ler-se no comunicado da FIFA.

“Não foi medida qualquer força externa aplicada à bola, como demonstra o ‘batimento cardíaco’ no nosso medidor e respetivo gráfico”, explicou ainda a Federação.

Leia Também: “A bola tocou-me”: Cristiano Ronaldo insiste na autoria do golo de Bruno Fernandes

Nas redes sociais, Cristiano Ronaldo tem sido arrasado por quem considera que o jogador tentou ficar com o protagonismo do golo do colega. “Sem vergonha”, escrevem alguns adeptos.

You may also like...