Após saída de Ronaldo, donos do Manchester United metem o clube à venda

Após saída de Ronaldo, donos do Manchester United metem o clube à venda

O Manchester United anunciou esta terça-feira que está à venda. O anúncio surgiu após o comunicado que revelou o afastamento de Cristiano Ronaldo do clube.

Na entrevista com Piers Morgan, Cristiano Ronaldo revelou que o clube parou no tempo e não investiu em novas infraestruturas, tecnologia ou outros equipamentos, algo que poderá ter tido influência nos fracos desempenhos do clube ao longo da última década.

Os donos do Manchester United, a família Glazer, tiveram em consideração as declarações de Cristiano e decidiram colocar o clube à venda, para “fortalecer o clube”.

“A Direção vai considerar todas as alternativas estratégicas, incluindo novos investimentos no clube, uma venda [do clube] ou outras transações envolvendo a empresa. Isto incluirá uma avaliação de várias iniciativas para fortalecer o clube, incluindo o redesenvolvimento do estádio e das infraestruturas e a expansão das operações comerciais do clube em escala global”, anunciou o clube.

Leia Também: Cristiano reage ao comunicado do Manchester United: “Desejo tudo de bom”

A Direção tem como objetivo investir no progresso das equipas masculinas, femininas e na formação, mas também levar “benefícios aos adeptos e acionistas”.

You may also like...