Homem mata mulher depois de lhe espiar o telemóvel

Homem mata mulher depois de lhe espiar o telemóvel

Um homem de 55 anos tirou a vida à sua companheira, de 50 anos, esta segunda-feira, num ataque de fúria após lhe espiar o telemóvel.

O caso aconteceu ao início da manhã desta segunda-feira, na casa onde a família residia, na Avenida Pinhal Vidal, em Corroios, no Seixal.

Jorge, de 55 anos, sentia-se atraiçoado e espiou o telemóvel da mulher, que lhe provocou um ataque de fúria. O homem pegou numa faca e atingiu a mulher, Paula, no pescoço.

O filho do casal, de 22 anos, presenciou o crime e tentou defender a mãe, mas acabou esfaqueado numa mão. Depois do ataque, o agressor tentou tirar a própria vida com a mesma arma, golpeando-se no pescoço, mas acabou por ser salvo pelos meios de emergência, que o levaram ao hospital, onde foi sujeito a uma cirurgia.

Leia Também: “Captava os sons do mundo, das gentes e moldava-os”: Sofia Saldanha morre aos 47 anos

O agressor foi detido pela PSP e afirmou aos agentes: “Ela não colaborou”.

Segundo os vizinhos, este era o segundo casamento deste homem, que vivia há já 25 anos com a vítima. Na vizinhança, é tido como um homem de poucas palavras, introvertido e que ferve em pouca água, uma vez que era frequente discutir com jovens que conviviam perto da sua casa.

You may also like...