Coronel russo com ligações a Putin encontrado morto no seu escritório

Coronel russo com ligações a Putin encontrado morto no seu escritório

O coronel russo Vadim Boyko, de 44 anos, que tinha grandes ligações com Putin, foi encontrado morto no seu escritório com cinco tiros no peito.

Vadim Boyko foi um dos maiores responsáveis pelo recente reforço de recrutamento de soldados para o exército russo.

O coronel foi encontrado morto na Makarov Pacific Higher Naval School, em Vladivostok , no leste da Rússia, com cinco tiros no peito.

A imprensa russa anunciou que o coronel terá cometido suicídio, mas os ferimentos de bala encontrados no peito de Vadim levantaram algumas suspeitas em relação à sua causa de morte, uma vez que se trataria de uma forma pouco ortodoxa de tirar a própria vida.

Leia Também: Conhecida a história trágica de Isaac, o bebé “de sorriso lindo” morto pela mãe

Para reforçar esta tese, também não foi encontrada nenhuma carta de despedida, segundo o jornal russo Meduza.

You may also like...