Revelada a chamada chocante da mãe de Jéssica para o INEM

Revelada chamada da mãe de Jéssica para o INEM no dia da morte da menina

Foram revelados novos detalhes sobre o dia da morte de Jéssica Biscaia, a menina de 3 anos torturada até à morte, em Setúbal, por causa de uma dívida.

O Correio da Manhã revelou a conversa que a mãe de Jéssica teve com o INEM no em que a menina morreu, a 20 de junho de 2022. O conteúdo da chamada faz parte do processo que investiga a morte da criança e o Correio da Manhã teve acesso.

Segundo a mesma publicação, nas fotos que constam do processo, que mostram o estado do corpo da menina, é possível ver que Jéssica tinha a cara desfigurada, as orelhas cortadas e hematomas generalizados por todo o corpo. Ainda assim, perante o estado da criança, a mãe escolheu deitá-la na cama e esperar seis horas até pedir socorro.

Às 15h15, Paulo Amâncio, o ex-companheiro de Inês Tomás, ligou para o INEM. “Olhe, a menina estava nas colónias do infantário. Acho que lhe deram uma medicação e a menina está parada, não acorda…”, começou por dizer, antes de passar o telefone à mãe da criança.

Leia Também: Homem mata mulher depois de lhe espiar o telemóvel

Apesar da falta de reação da criança, a mãe continuou com as mentiras, insistindo que caiu na escola, admitindo depois que lhe foi dada medicação e só mais tarde confessando que a criança tinha sido agredida.

Segundo o relatório do Ministério Público, a menina foi encontrada “prostrada, sem abrir os olhos, sem falar, com o corpo repleto de hematomas, uma queimadura no rosto e uma grande pelada na cabeça”.

Leia toda a conversa entre Inês Tomás e o INEM:

Revelada chamada da mãe de Jéssica para o INEM no dia da morte da menina

You may also like...