Dez toneladas de borrego e cabrito apreendidas pela ASAE no Pingo Doce

Dez toneladas de borrego e cabrito apreendidas pela ASAE no Pingo Doce

Esta semana, a ASAE apreendeu cerca de 10 toneladas de borrego e cabrito fresco, de um armazém do Pingo Doce, em Vila do Conde.

O armazém inspecionado, localizado em Vila do Conde, serve de base à cadeia de supermercados Pingo Doce e contém produtos que são depois distribuídos por vários supermercados da cadeia.

A descoberta foi feita durante uma inspeção de rotina da ASAE, em Coimbra, que detetou diversos borregos e cabritos sem o carimbo de rastreabilidade da carne. Após a apreensão dos animais nesse supermercado, foi inspecionado o armazém de origem, em Vila do Conde, onde foi encontrada a mesma situação em toneladas de carne importada da Grécia.

Segundo a Lei, estes produtos têm de ter o selo com a origem e o local de abate, para poder assegurar a rastreabilidade das carnes, o que não acontecia nos produtos inspecionados.

Leia Também: Capela no cemitério de Penafiel vandalizada por ladrões

A Jerónimo Martins confirma a apreensão, mas assegura que a carne estava em perfeitas condições de consumo e foi apreendida apenas por a marca de salubridade não estar bem visível.

You may also like...