Bombeiro da Sertã de 43 anos coloca termo à própria vida

Bombeiro da Sertã coloca termo à vida

Um homem de 43 anos, bombeiro voluntário na corporação da Sertã, colocou termo à própria vida na noite desde domingo, pelas 23h00.

Luís Rosa, de 43 anos, bombeiro há cerca de 20 anos, fazia parte do quadro ativo dos Bombeiros Voluntários da Sertã e da Força Especial de Proteção Civil.

O bombeiro foi encontrado já sem vida por volta das 23h00 deste domingo, após se ter atirado da Ponte da Valada, no IC, na Sertã.

Luís praticava várias atividades desportivas com amigos, desde ciclismo, atletismo, pesca, entre outras modalidades, e nada fazia prever este cenário, não sendo conhecidas, para já, as circunstâncias desta tragédia.

Leia Também: Homem de 45 anos morre atropelado por carro a caminho de casa em Silves

O corpo de Luís foi depois transportado para a Medicina Legal do Hospital Amato Lusitano, em Castelo Branco, onde será sujeito a autópsia.

You may also like...