“A bola tocou-me”: Cristiano Ronaldo insiste que foi ele que marcou o golo

"A bola tocou-me": Cristiano Ronaldo insiste que foi ele que marcou o golo

No final do jogo entre Portugal e o Uruguai, Cristiano Ronaldo voltou a insistir em ser ele o autor do primeiro golo de Portugal na partida desta segunda-feira.

O primeiro golo de Portugal contra o Uruguai gerou incertezas até entre os responsáveis da FIFA, pelo que o lance será analisado mais detalhadamente pela comissão técnica da FIFA, de forma a atribuir corretamente a autoria do golo.

No final do jogo, Cristiano Ronaldo voltou a insistir que desviou a bola cruzada por Bruno Fernandes. “A bola tocou-me”, garantiu o jogador.

Bruno Fernandes também acredita que a bola tocou no colega, mas não está preocupado com a atribuição do golo. “O mais importante foi esta vitória”, frisou o jogador na conferência de imprensa.

Leia Também: Cristiano Ronaldo não consegue fazer as mudanças devido a problema com camião

Em causa está o lance do primeiro golo de Portugal, ao minuto 54 da partida, na sequência de um cruzamento de Bruno Fernandes, que Cristiano Ronaldo tentou desviar. Inicialmente, o golo foi atribuído ao capitão da seleção nacional, mas foi depois atribuído a Bruno Fernandes, após a revisão das imagens.

A comissão técnica da FIFA tem agora a palavra final.

You may also like...