ūüö®Com direito a mugshot e tudo: Trump foi detido, passou 20 minutos na pris√£o, e j√° foi libertado

Donald Trump entregou-se √†s autoridades do estado da Ge√≥rgia, onde enfrenta acusa√ß√Ķes de tentativa de falsifica√ß√£o dos resultados eleitorais de 2020. O ex-presidente dos Estados Unidos dirigiu-se √† pris√£o do condado de Fulton, em Atlanta, para ser fotografado e ter as suas impress√Ķes digitais registadas. Ap√≥s cumprir os procedimentos, Trump foi libertado mediante o pagamento de uma cau√ß√£o de 200 mil d√≥lares. Os registos prisionais descrevem Trump como um indiv√≠duo de 1,92 metros, 97 quilos, olhos azuis e cabelo louro ou ruivo.

Trump passou apenas 20 minutos na pris√£o de Fulton e afirmou, √† sa√≠da, que n√£o fez nada de errado e tinha o direito de questionar uma elei√ß√£o que considerava desonesta. Al√©m da cau√ß√£o, Trump est√° proibido de intimidar ou coagir os outros acusados e as testemunhas do processo. Esta √© a quarta acusa√ß√£o criminal contra Trump desde mar√ßo deste ano, quando se tornou o primeiro ex-presidente dos Estados Unidos a ser acusado. Ele tamb√©m enfrenta acusa√ß√Ķes nos estados de Nova Iorque, Fl√≥rida e Washington D.C., relacionadas com crimes como suborno e falsifica√ß√£o de documentos.

A rendi√ß√£o de Trump √† justi√ßa ocorre numa altura em que enfrenta uma mudan√ßa na sua equipa jur√≠dica e depois de participar num debate presidencial com os seus principais rivais √† nomea√ß√£o republicana para as elei√ß√Ķes de 2024. Apesar dos problemas legais, Trump continua a ser considerado o principal candidato nesta disputa.

Fonte