đŸ”„GNR reforça patrulhamento para prevenir incĂȘndios devido Ă s condiçÔes climatĂ©ricas dos prĂłximos dias

A GNR vai intensificar o patrulhamento e a vigilĂąncia terrestre no territĂłrio continental devido ao aumento do risco de incĂȘndios rurais nos prĂłximos dias. Esta medida Ă© uma resposta Ă s previsĂ”es de temperaturas elevadas, ventos fortes e baixa humidade. SerĂŁo destacados 5.200 militares para realizar açÔes preventivas nas zonas de maior risco de incĂȘndios nos distritos onde o perigo Ă© considerado elevado, muito elevado e mĂĄximo. AlĂ©m disso, a valĂȘncia de Proteção e Socorro estarĂĄ pronta para atuar em ataque inicial, garantindo a segurança dos 40 centros de meios aĂ©reos. A Rede Nacional de Postos de Vigia, composta por 230 postos com 920 vigilantes, tambĂ©m estarĂĄ envolvida neste esforço. A monitorização do territĂłrio serĂĄ assegurada pelas 143 cĂąmaras de videovigilĂąncia, que oferecem uma ampla cobertura em todo o paĂ­s. As quatro Companhias de Ataque Ampliado da Unidade de EmergĂȘncia de Proteção e Socorro continuarĂŁo a ser mobilizadas para os cenĂĄrios mais complexos de incĂȘndios rurais. Esta ação tem como objetivo prevenir e combater os incĂȘndios rurais, protegendo o territĂłrio e as comunidades afetadas.

Fonte