ūüĒ• Detido por atear 20 fogos foi libertado devido √† greve dos funcion√°rios judiciais

Um homem com um fasc√≠nio pelo fogo foi detido pela Pol√≠cia Judici√°ria (PJ) de Braga por ter ateado 20 fogos em v√°rias freguesias do concelho de Ponte da Barca, entre os dias 9 de abril e 28 de agosto. De acordo com a PJ, este homem √© respons√°vel pela maioria dos inc√™ndios na zona do Parque Peneda-Ger√™s nos √ļltimos anos. No entanto, o suspeito foi libertado por ordem do tribunal devido √† greve dos funcion√°rios judiciais.

A atua√ß√£o deste indiv√≠duo representa um perigo grave para a seguran√ßa e o bem-estar das pessoas e do meio ambiente. A PJ tem vindo a investigar o caso e espera conseguir reunir provas suficientes para levar o suspeito a tribunal e garantir que enfrenta as consequ√™ncias das suas a√ß√Ķes.

O Parque Nacional Peneda-Ger√™s √© uma √°rea protegida de grande import√Ęncia ecol√≥gica e tur√≠stica, sendo uma das maiores reservas naturais de Portugal. Inc√™ndios como estes t√™m um impacto devastador na fauna, na flora e nos ecossistemas da regi√£o, al√©m de colocarem em risco a vida das pessoas que vivem nas proximidades.

As autoridades competentes devem tomar medidas rigorosas para prevenir e combater inc√™ndios criminosos, garantindo a seguran√ßa das comunidades e a preserva√ß√£o do patrim√īnio natural. A colabora√ß√£o da popula√ß√£o atrav√©s de den√ļncias e informa√ß√Ķes √© fundamental para ajudar na identifica√ß√£o e captura de incendi√°rios como este homem.

[Imagem: Parque Nacional Peneda-Gerês]

Fonte