ūüĆćūüõź Papa conclui visita √† Mong√≥lia com inaugura√ß√£o de centro social: uma mensagem de amor e solidariedade ūü§Ě

O Papa Francisco concluiu sua visita de quatro dias à Mongólia com a inauguração de um centro social, enfatizando que a iniciativa da Igreja Católica é motivada pela caridade e não pela evangelização. O centro, chamado Casa da Caridade, tem como objetivo acolher e ajudar pessoas em situação de rua e vítimas de violência doméstica em Ulan Bator, capital da Mongólia. O país enfrenta uma taxa de pobreza de 36% da população. O pontífice, de 86 anos, destacou que os primeiros missionários chegaram a Ulan Bator nos anos 90 e sentiram imediatamente o chamado para a caridade. A visita do Papa Francisco à Mongólia foi histórica, pois foi a primeira vez que um pontífice visitou o país. Durante sua estadia, ele se reuniu com autoridades religiosas e políticas, promovendo o diálogo inter-religioso e a paz. O Papa também celebrou missas e encontros com a comunidade católica local. A inauguração do centro social é um exemplo concreto do compromisso da Igreja Católica em ajudar os mais necessitados e oferecer apoio às vítimas de violência.

Fonte