ūüĆą 67 pessoas detidas ap√≥s casamento homossexual em pa√≠s com pena de pris√£o perp√©tua para a homossexualidade!

A pol√≠cia nigeriana deteve 67 pessoas que assistiam a um casamento homossexual no sul do pa√≠s. Segundo o porta-voz da pol√≠cia, Bright Edafe, as pessoas ser√£o processadas de acordo com as leis relacionadas com a comunidade LGBT. Inicialmente, cerca de 100 pessoas foram detidas num hotel da cidade de Uvwie, no estado do Delta, mas ap√≥s investiga√ß√£o, o n√ļmero de suspeitos foi reduzido para 67. O c√≥digo penal nigeriano classifica a homossexualidade como um crime, com penas de pris√£o que v√£o dos 14 anos √† pris√£o perp√©tua. A deten√ß√£o de pessoas relacionadas com a comunidade LGBT √© um reflexo da discrimina√ß√£o e persegui√ß√£o que essas pessoas enfrentam na Nig√©ria. A homossexualidade √© amplamente rejeitada e estigmatizada na sociedade nigeriana, sendo considerada contr√°ria aos valores culturais e religiosos do pa√≠s. Essa postura conservadora tem levado a viola√ß√Ķes dos direitos humanos, com relatos de agress√Ķes f√≠sicas, deten√ß√Ķes arbitr√°rias e discrimina√ß√£o generalizada contra a comunidade LGBT. A Nig√©ria precisa adotar uma postura mais progressista em rela√ß√£o aos direitos LGBT e garantir a prote√ß√£o e a igualdade para todas as pessoas, independentemente da sua orienta√ß√£o sexual.

Fonte